A Descaradona - Crónicas da Barata II


Etiquetas: , 3 comentários

Pois é, como depois da tempestade vem a bonança, estava eu a olhar para a televisão a ver o "Chamar a Música", na SIC, quando vejo um vulto preto no guarda-fatos. Terei mel lá dentro? Ou humidade? A desgraçada queria contornar o canto do guarda-fatos, mas caiu no chão (nesta altura, trepei para cima da cadeira, vou fazer disto um hobby) e depois arrastou rapidamente o cu gordo para a porta, trepando-a e camuflando-se na ombreira. Felizmente, os meus pais estavam em casa, portanto chamei-os e o meu pai veio a correr, já à espera, com aquela cara de "Apareceu outra, não foi?". Uma vez que só os chamo para o quarto por dois motivos, "barata" ou "recado", bastou-me apontar para a porta e ele matou-a, mostrando-me depois o cadáver num guardanapo, ao qual ripostei "Não interessa, não durmo aqui outra vez!".
Munido do meu fiel insecticida, percorri a casa, tapando os 3 ralos da casa de banho, o da cozinha, e fechando as janelas do andar da casa em que fica o meu quarto (o 1º). Enquanto as fechava, chegou a minha irmã e expliquei-lhe o sucedido. Curiosa e ironicamente, enquanto relatava a mini-aventura, no "Chamar a Música" começam a cantar o seguinte: "É o bicho, é o bicho! Vou-te devorar...". Fogo, mas alguém me fez uma macumba para as bichas aparecerem no meu quarto?

3 Response to "A Descaradona - Crónicas da Barata II"

  1. *voa pro teu ombro*
    bjx ffx

    mas as baratas sao FOoOOooOFaAAAaaAAaxXXXxXxx!!!!111!!!111!!1!!1

    __________
    eu também odeio-as >o<

    Anónimo

    Li pela primeira vez este blog. Achei fenomenal.... Deixa-me dizer que pertencemos ao mesmo Clube. "Rapazes e Raparigas que odeiam as cabronas das baratas" LOL
    Continua com este teu pensamento.... Tens uma escrita eloquente e fantástica


    Vera

Designed by TheBookish Themes
Converted into Blogger Templates by Theme Craft